5 DICAS PARA VOCÊ PARAR DE PROCRASTINAR

Procrastinar

Procrastinar “resolve” as pendências com um desembaraço absurdo. Procrastinar é sempre achar que o “amanhã” será o melhor momento. O único problema é que o futuro mais-que-perfeito não existe. Por consequência, o “eu” idealizado por ele, também não. Ou seja: Procrastinar é sonhar com a realização, mas só amanhã, hoje não! Então leia com atenção essas 5 Dicas para você parar de procrastinar!

Se você sentiu dentro de você que também sempre deixa suas decisões e importantes ações para depois, é porque conhece, na prática, o significado de procrastinação. Ainda que você dê outros nomes como por exemplo: Amanhã estarei mais “livre”, mais descansada(o), amanhã não estará chovendo tanto… O resultado é o mesmo: Desorganização em seguida a culpa e o arrependimento, a certeza de tempo perdido.

Procrastinar

Como romper esse ciclo vicioso de adiamentos que acabam nos tomando posteriormente de culpa e sensação de fracasso?

Separamos 5 dicas para lhe ajudar a vencer a procrastinação! Leia com atenção, isso pode mudar suas ações, mudar sua vida:

1 – Faça uma lista de metas:
É algo indispensável. Quando deixamos nossos compromissos sem registro físico, eles se tornam impalpáveis e passíveis de esquecimento, afinal estão apenas em nossa mente, nossa memória. Então pegue papel, caneta e anote tudo que precisa e pretende fazer.
Precisa fazer uma ligação, enviar um e-mail? Anote! Precisa pagar uma conta, visitar um parente? Coloque no papel. Faça dessa sua agenda, sua melhor companheira, anote TUDO!! Mas é necessário mesmo anotar tudo? Sim, para que se torne um hábito!

Procrastinar

Procrastinar não é, necessariamente, sinônimo de ociosidade. Você pode estar tão dedicada(o) em uma atividade, que acaba esquecendo ou negligenciando outras. O hábito de anotar é um excelente recurso. Sua produtividade ficará evidente, toda vez que você riscar um item da lista.

2 – Divida suas tarefas em pequenos passos:
As vezes “empurramos” as coisas para depois, porque não sabemos por onde começar! Nosso cérebro precisa de comandos claros para empreender ações. Vamos pensar em algo bem simples, do nosso cotidiano como exemplo: arrumar a casa. Uma casa tem diferentes setores: cozinha, banheiro, quarto, sala… Cada cômodo pede uma ação diferente. Quando olhamos para a pilha de roupas para passar, a louça empilhada na pia, a lâmpada da sala que precisa ser trocada…

Procrastinar

Vai dando um certo desespero e acabamos estagnados. A sensação é de confusão, impotência e preguiça. Comigo bate um sono, uma vontade de “deixa rolar…”Resultado? As tarefas se acumulam e geram o efeito “bola de neve”. Em pouco tempo o que é simples se torna complexo e beira o caos. Por isso, adote a técnica do passo a passo. Anote todas as tarefas necessárias para alcançar seu objetivo. Vencer cada batalha lhe dará a forte sensação de dever cumprido.

3 – Administre seu tempo e pare de procrastinar:
O dia tem 24 horas, isso não podemos mudar. Ambições surreais em relação ao tempo, só nos geram frustrações.
Estabeleça prazos e horários realistas para suas metas. Coloque tudo na agenda com ordem de prioridades. Com a prática, você aprenderá a ser realista e prática(o). Isso é um exercício diário.

Procrastinação4 – Se cair na tentação de procrastinar, faça algo útil
Se a procrastinação já está entranhada em sua vida, não será simples superar isso, porém nada é impossível! Qualquer mudança de atitude tem tempo para ser assimilada e se tornar um hábito. Você está lá, com sua lista de metas, ciente de tudo o que precisa fazer, mas de repente o vício da distração bate. Você percebe que a produtividade diminuiu, suas ações não fluem mais. Antes de se entregar a preguiça e a comodidade, olhe para sua lista de pendências. Escolha a mais simples e cumpra-a. Você se sentirá produtiva(o) novamente e orgulhosa(o) de ter vencido.

Procrastinar
Concluiu a pequena tarefa? Risque a “bonita” de sua agenda. A satisfação de dever cumprido, tomará conta de você.
Lembre-se: Um corpo em movimento, tende a manter-se em movimento! A ação é um antídoto para a procrastinação.

5 – Reconheça seus inimigos
Você está começando a pegar no sono e lembra que existe WhatsApp… Vê que um de seus grupos está frenético, entusiasmado, são dezenas de mensagens sobre um vídeo… Todo mundo se divertindo com o vídeo hilário que foi postado por um dos membros, o cara não dorme cedo de jeito nenhum. A curiosidade “bate com força” na alma e obviamente, você quer ver o bendito do vídeo. São só 5 minutinhos…

Procrastinação

Desse vídeo você segue para outros, compartilha com vários grupos, responde a prima de outra cidade… E quando você percebe, perdeu o sono. Num piscar de olhos, lá se foram quase 2 horas exercitando a procrastinação… Porque? Porquê perdeu o sono, vai dormir pela madrugada, vai acordar exausta(o) e vai “empurrar as ações do dia lentamente com a barriga”.

Mas o celular é o grande vilão? Não é bem assim… O problema está no nosso comportamento. O celular é apenas uma isca. Ele não tem vida própria. Cada pessoa conta com suas próprias distrações de foco e de energia. É preciso se auto examinar para diagnosticar o que te dispersa. Além do uso indevido do celular, podemos citar outros pontos para você observar:

  • Local de trabalho inapropriado, com muita bagunça, desconfortável
  • Sono irregular
  • Insegurança, medo de críticas e baixa autoestima
  • Perfeccionismo
  • Ansiedade ou depressão.

Procrastinação

São só algumas das causas possíveis para seu dispersar. Invista no autoconhecimento para conseguir recursos reais para lutar contra esse comportamento prejudicial. Existem duas ciladas nessa história. A primeira delas é esperar que a motivação seja uma constante na vida, isso é irreal, isso é desumano. Somos seres que oscilam no querer, no humor diante das lutas e tristezas da vida… Esteja ciente de que estar motivado 24hs por dia, seria preciso que você fosse um robô e falamos de nós, falamos de humanos.

A segunda cilada é ter que trabalhar com algo que não lhe dê prazer, não poder escolher a profissão, o oficio que lhe faria feliz. Por isso a importância de buscar sua realização profissional, com o máximo de recursos que você conseguir, mas lembre-se, nem o mais incrível dos trabalhos é feito exclusivamente de delícias.

Busque motivação, mas entenda que, acima de tudo, produtividade é decorrência de hábitos. Você não precisa estar motivado para tomar banho todos os dias, porque já assimilou a atividade como hábito. Quanto mais você insistir na disciplina e na organização das metas de sua vida, menos você irá procrastinar, ok?

Esperamos, de coração, que esse texto lhe ajude a enxergar as coisas de forma mais objetiva e a traçar metas mais assertivas. Lembre-se da agenda, faça dela sua melhor amiga! 

Um beijo no ❤️

Escrito por Carla Lúcia Braga/ Equipe Escola de estilo

Compartilhe com seus amigos

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Gostou do artigo? Deixe seu comentário abaixo