5 ERROS NA MODA PARA VOCÊ NUNCA COMETER

Não!!

Olá amores!! Quem nunca viu uma cena bizarra na rua tipo: “cofrinho de fora, legging transparente, roupas super apertadas”, não sabe o quanto a rua pode ser democrática, não é? Então, hoje vamos falar de 5 desses erros do vestir que SIM, comprometem e muito nossa imagem. Fique atenta as dicas e mantenha a elegância em dia!

Que somos livres para vestirmos o que quisermos e bem entendermos, é um fato, agora que todas nós buscamos evoluir sempre em todos os sentidos de nossas vidas, também é um fato.

Ninguém de sã consciência, deseja ser conhecida como a que comete gafes ou não sabe se vestir adequadamente. E é por isso que nós aqui da Escola de Estilo, nos preocupamos de trazer conteúdo para vocês, conteúdo de moda que as deixem mais seguras e autoconfiantes no vestir. “Bôra” aproveitar?!?!

5 Erros na moda para você NUNCA cometer: 

1 – O cós muito baixo

O cós muito baixo que pode ser na calça, saia ou short, não valoriza a grande maioria dos corpos femininos. Em geral expõem muito o tronco e fazem saltar gordurinhas que você talvez nem tenha. Isso sem falar que  o cós muito baixo, “encurta visualmente” suas pernas e você fica parecendo mais baixa.

Observe que na maioria das vezes o cós muito baixo, “deforma” os contornos do corpo feminino

Se você optar por usar uma calça, short, saia de cós muito baixo com uma blusa estilo cropped, aí a coisa pode cair na tristeza profunda, pode ficar desastroso. Isso sem falar que caso uma moeda, um batom seu caia no chão, é melhor esquecer ou pedir ajuda para alguém que estiver perto lhe salvar, não exponha teu cofrinho, por favor!!

Mas quando que o cós ultra baixo fica bacana? Quando você tem aquele estilo street Style moderninho que usa a calça de cós baixo com uma camisa soltinha tapando a barriga, bem larguinha mesmo, fica moderno, sensual sem ser vulgar.

Cós baixoUm excelente jeito de usar o cós baixo

Já as mulheres de pernas muito longas, um salve a bela Gisele Bündchen, não se sentem muito bem com a calça de cós alta, até porque esse modelo “aumenta visualmente” suas pernas. Nesses casos, opte por peças de cós médio.

2 – O tamanho da peça

Isso vale para peças muito largas ou muito justas. A sensação que passa é que a peça não é sua. Sabe o ditado  “O defunto era maior, ou menor”?! Então, é isso!!

Roupa apertada É nítido como as roupas apertadas deformam o corpo

Peças muito maiores que seu tamanho, aumentam sua silhueta e lhe fazem parecer acima do peso, fora que não deixa ninguém elegante. Peças muito justas, marcam demais o corpo e podem sim cair no vulgar. Sem falar que por estarem apertadas, “estufam” seu corpo fazendo saltar gordurinhas comprometendo o desenho de sua silhueta.

Peças largas Não se iluda, peças muito amplas não “escondem” quilinhos a mais, só deixam você ainda maior e sem curvas

3 – Usar muita informação em um mesmo look

É aquele tipo de mulher que usa a calça jeans destroyed, a blusa de listras color block de mangas bufantes, a bota over the knee, o lenço de seda amarrado no pescoço, os maxi brincos e uma big bag. NÃO cometa esse erro, lembre-se que menos é mais!!

Várias tendências Observe em cada look a quantidade de informação misturada…

Usou uma tendência marcante no look, invista no básico no resto da produção. Não corra o risco de sair do moderno para o caricato, ok? Pessoas que misturam tudo junto + nesse momento aqui e agora, acabam esbarrando o visual ali na fantasia. Eleja sempre uma peça (apenas uma) estrela e no resto do look, vá de básico.

pouca informação O jeito certo de usar apenas uma peça estrela. No primeiro look o short camuflado, no segundo a calça destroyed e no terceiro a saia de brilho. Observe que em todos os looks as demais peças são básicas

4 – A barra da calça

Cuidado com os dois extremos, a barra muito longa e arrastando no chão e a curta.
Ambas comprometem SIM seu look. As calças flare e as pantalonas, tendem a vir mais compridas. Cuidado porque  calças arrastando no chão, passam imagem de desleixo, deixam sua produção deselegante.

Bainha errada
A calça arrastando no chão passa a imagem de desleixo

O ideal é você separar a calça flare e a pantalona que você usa sem salto, e assim fazer a bainha descalça. Já nas flare e pantalonas que pretende usar com salto, aí sim, fazer a bainha usando-o e deixando apenas um dedo, cerca de 1,5 cm do salto aparecendo. Essa é uma medida milimétrica, porém a correta. Cuidado para não deixar as calças muito curtas, elas “encurtam sua silhueta” e vai parecer que a peça não é sua.

Bainha certa
A bainha ali no limite, sem encostar no chão. Perfeito!

5 – Peças transparentes sem ter essa intenção
Quando falo de peças transparentes, não me refiro a blusa daquele tecido transparente feita para deixar a mostra o sutiã. Falo por exemplo daquele vestido de malha que você usa para o trabalho e por ser de cor clara, aparece a cor e o desenho de sua lingerie. Falo também da legging super apertada, que estica tanto que lhe deixa praticamente nua.

Todo cuidado é pouco com as legging de tecidos finos e transparentes, com as cor da pele (essas parecem que você está nua) e com as muito apertadas, ok?

Não é legal, não é bonito, não é elegante e lhe expõe de maneira desnecessária.
Cuidado com as calças brancas, experimente na luz, use lingerie cor da pele… Enfim, todo cuidado é pouco com a textura do tecido de suas roupas e com a lingerie usada.

Peças transparentes

Aqui na Escola de Estilo você encontra sempre muito conteúdo de moda e várias dicas de estilo. Espero, de coração, que as dicas tenham lhe ajudado a enxergar de um jeito diferente seus looks.

Curte moda e quer aprender tudo sobre como se vestir adequadamente, conhecer seu tipo de corpo, dar um UP em sua loja de roupas ou trabalhar na moda como Consultora de Imagem? Venha para a Escola de Estilo. Aqui no curso de Consultor de Imagem 2.0, você sairá PRONTO(A) para o mercado da moda e com seu certificado em mãos.

Assista a Aula grátis que a Dany preparou com todo carinho para você, e tenha uma pequena noção da quantidade de informação que você terá em seu Curso de Consultor de Imagem, um curso com mais de 300 aulas online. É só clicar no retângulo amarelo que fica no topo da página à sua direita e “mandar ver”! 

Um beijo carinhoso de toda Equipe Escola de Estilo

Escrito por Carla Lúcia Braga/Equipe Escola de Estilo

Confira outras matérias

Compartilhe com seus amigos

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Gostou do artigo? Deixe seu comentário abaixo

Última Chance >>> o preço vai subir

O valor do curso completo de Personal Stylist vai subir no dia 1º de Outubro.

Por isso, se você ainda não está inscrita, preste muita atenção, pois será o último momento que você terá para garantir a vaga pelo valor atual