CONFIRA O QUE ACONTECEU NA SEMANA DE ALTA – COSTURA F/W 2022 – 2023

PFW

Se tem um artigo que AMAMOS escrever, talvez até mais que os artigos de tendências (acredite), são os artigos dos grandes eventos da moda. Esse é um deles, um artigo que leva à você tudo que aconteceu de melhor no PFW último. Confira o que aconteceu na Semana de Alta – Costura F/W 2022 – 2023! Deslumbre-se com as fotos, está IMPERDÍVEL! 

O tempo está passando rápido, né? Ontem foi Páscoa, antes de ontem Natal e já estamos em julho, na Semana Internacional de Alta-Costura de Paris, a edição de Outono/Inverno 2022/2023…

É isso mesmo que você leu, a semana de tendências da Alta-Costura já para o nosso outono/inverno do ano que vem. Para os países da Europa, para os EUA, o inverno chega antes, por isso parece que para nós ainda é muito cedo.

Mas o que importa é que a Escola de Estilo está sempre antenada com o que há de mais atual no mundo da moda, sempre trazendo em primeira mão todas as novidades desse mercado fashion que tanto amamos.

Bella Hadid
Bella Hadid para Balenciaga

Primeiro entenda uma coisa: Quando se fala na semana de Houte Couture (alta-costura), entende-se por ser a semana do nicho da moda, onde os designers que estão à frente desse grupo seleto de maisons, possam mostrar todo seu potencial criativo e técnico.

Lembrando que a alta-costura é formada por aqueles looks exclusivos, feitos à mão, pelas mais renomadas grifes. Sabe aqueles vestidos, looks suntuosos que você vê nos tapetes vermelhos? Pois é, tudo alta-costura! 

A Semana de Alta-Costura F/W 22/23 terminou ontem. Começou dia 04/07 e terminou dia 07/07 na cidade luz, Paris (como sempre).

É claro que fizemos um resumo com o que vimos de mais criativo, diferente e luxuoso e, trouxemos para VOCÊ! Infelizmente não têm como escrever sobre todas as grifes, mas os destaques estão aqui. Bora conferir os looks DI-VI-NOS?

Como diz nossa Teacher Dany Padilla, é sim ou sim? Separamos por grife, que é pra ficar mais explicadinho. 

Anitta
Rita Ora e Anitta na primeira fila do desfile da Schiaparelli

Schiaparelli

Schiaparelli abriu a Semana de Alta Costura em Paris. Provocadora, audaciosa… Essa é a linha dessa top grife italiana. O desfile foi marcado com chapéus que lembravam os anos 80/90 e joias, muitas joias. A casa italiana trouxe também decotes profundos, costas nuas, transparências…

Looks de noite com muita sensualidade e um certo toque de surrealismo. Quanto aos tecidos, muito cetim de seda e veludo. Tudo responsabilidade do diretor criativo Daniel Roseberry.

Schiaparelli desfilou todo seu luxo no Musée des Arts Décoratifs, que inaugurou na quarta-feira (dois dias após o desfile) uma exposição dedicada à Elsa Schiaparelli (1890 -1973), fundadora da marca.

Na primeira fila estavam celebridades como Anna Wintour, a nossa brasileiríssima Anitta e mais algumas (muitas) celebridades.

Alta-costura

Dior

Uma marca que ninguém no planeta ousa questionar sua relação com a alta-costura, é a Dior! A marca se manteve nos tons neutros, em matizes predominantemente mais fechadas.

As criações apresentadas pela marca, que tem como diretora criativa Maria Grazia Chiuri, não surpreenderam em se tratando de cortes inovadores, se mantiveram ali, em uma linha tênue e não muito diferente do tradicional que a Dior está acostumada a apresentar.

Vimos elementos bem femininos como as mangas bufantes, a cintura marcada… Tudo com um toque a mais de ricos bordados tradicionais da cultura da Ucrânia, resgatando o sentimento do que é ser humano. No meio dessa guerra toda, que máximo, né? Parabéns para Dior! 

Alta costura

Giambattista Valli

Divertido, Giambattista Valli trouxe para as passarelas da Semana de Alta Costura F/W 22/23 looks super criativos, coloridos e divertidos, como sempre, já uma marca da grife italiana que adora compor looks volumosos e com texturas inusitadas.

Os materiais escolhidos foram os tecidos com bastante leveza e fluidez, mas que acabaram ganhando um aspecto mais pesado por conta das texturas, dos franzidos e drapeados. Uma coleção que mesclou glamour com muito brilho metalizado, plumas, pedrarias, a um visual romântico e contemporâneo.

Muitos vestidos em tule e babados, o que já costumamos ver entre as criações da marca. O tule e os babados trouxeram um certo ar retrô a coleção.

Alta-costura
A noiva de Giambattista Valli

Chanel

Essa coleção da Chanel teve a colaboração do artista Xavier Veilhan. Virginie Viard, diretora criativa da Chanel, inspirou-se nas silhuetas dos anos 30, em um desfile que foi uma espécie de continuação da coleção anterior.

A marca francesa desfilou toda sua tradição em cortes bem femininos, com alguns toques de modernidade. Virginie Viard, optou por entregar um pouco de alfaiataria unida a cortes femininos, mas que ao mesmo tempo transmitiam muita autoridade e poder, sem se esquecer do tradicional tweed.

Traduzindo, Chanel trouxe uma coleção mais realista e menos fantasiosa. Acho que podemos dizer que foi um desfile que misturou alta-costura com o prêt-à-porter. Deixando claro que essa é uma observação nossa. 

Alta-costura

Alexandre Vauthier

Alexandre Vauthier apresentou uma coleção elegante e glamourosa. O oversized (peças amplas) foi visto em vários looks, assim como a alfaiataria desconstruída.

Modelos sexys, com cortes ajustados evidenciando as curvas da mulher. Um tom de azul intenso foi a cor eleita para ser o ponto chave da coleção. Fora o azul, vimos o preto, o prateado e o nude. Uma mistura bem equilibrada da estética retrô com a futurista.

Além do brilho prateado, vimos detalhes assimétricos, babados, franjas e bordados. Apesar do toque retrô, a coleção estava bem moderna. 

Alta-costura

Armani Privé

A Armani Privé, essa marca italiana tão tradicional, trouxe uma coleção com uma pegada tradicional, com cortes não muito distantes do que costumamos ver na marca, mas tudo sem perder a modernidade.

É comum, é normal vermos marcas tradicionais como a Armani, apresentarem modelos novos, mas sempre mantendo suas características familiares. Podemos dizer que a grife italiana se manteve em sua zona de conforto, nessa semana de alta-costura.

Muita sofisticação, alfaiataria impecáveis, como o jacquard bem trabalhado e a presença de linhas retas e cortes cheios de autoridade, fazendo referência ao guarda-roupas masculino. Armani sendo Armani!

Armani

Balenciaga

Um dos desfiles mais aguardados da temporada, o desfile da marca espanhola Balenciaga. A marca não faz parte do grupo de marcas autorizadas a usar o selo de Haute Couture (Alta-costura), pois ainda não cumpre todas as regras para ser incluída na denominação…

…Mesmo assim desfilou na semana de alta-costura e, ninguém pode negar que as criações da marca, são obras de artes, tudo com muita ousadia, toque futurista, apocalíptico e um “tantinho” fetichista.

Demna, o diretor criativo da grife, trouxe uma coleção cheia de textura, tudo na mesma linha que ele já vinha executando. Modelos volumosos, uma característica do fundador espanhol Cristobal Balenciaga.

Na passarela, a grife trouxe rostos conhecidos como Kim Kardashian, Nicole Kidman, Dua Lipa e eterna top model Naomi Campbell

Alta costura

Elie Saab

Quando se fala do estilista libanês Elie Saab, sempre se espera muito luxo, criatividade e grandiosidade. O que foi visto na edição de F/W da Semana de Alta-Costura de 2022/23, foi exatamente isso.

Amante dos bordados e do brilho, Elie levou as passarelas de Paris uma coleção extremamente detalhista, mas dessa vez tudo parecia ainda mais intenso e luxuoso, talvez pela escolha da paleta de cores, que passeou pelo vermelho, preto, nude e um toque leve de um tom bem delicado de azul.

Tudo meticulosamente planejado para nos encantar, Elie Saab faz isso como poucas grifes, ele nos surpreende sempre para o belo, o espetacular, o extremamente luxuoso.

Modelagens sofisticadas, com cortes que proporcionam um caimento perfeito, um caimento como deve ser toda a alta-costura. Uniu brilho a uma leve transparência, sensualidade com ingenuidade… Tem como? Elie Saab conseguiu! 

Alta-costura
A noiva de Elie Saab. É luxo que fala, né?

Alta-costura

Jean Paul Gaultier

Jean Paul Gaultier trouxe sua irreverência (o que não é nenhuma surpresa) para as passarelas, mas dessa vez de uma forma mais divertida.

Uma coleção super colorida e bastante moderna. O estilista convidado Olivier Rousteing (o nome à frente da Balmain), explorou a silhueta do corpo feminino em alguns aspectos. Vimos (foto abaixo) “armaduras” que simulavam barrigas grávidas e bustos com seios pontiagudos, bem ao estilo Madonna de ser.

Sensualidade e poder, o poder da mulher. Os looks eram elegantes, porém tanta modernidade e ousadia, algo bem característico do Olivier Rousteing, levou a coleção para uma pegada com toques de streetwear (estilo de roupa casual que se tornou global na década de 90).

Bastante assimetria e formas esculturais, que traduz tanto a essência de Jean Paul Gaultier, quanto da Balmain. Na nossa opinião, um desfile que tendeu mais para a prêt-à-porter do que para alta-costura. 

Alta-costura

Zuhair Murad

Zuhair Murad levou as passarelas o esoterismo como sua principal inspiração. Com referências bem literais como por exemplo as cartas de tarot, “o olho que tudo vê”, astros e os símbolos astrológicos… O estilista apresentou looks belíssimos!

O grande destaque da coleção, foram as cores vibrantes, chamativas. Tudo seguindo essa nossa nova tendência de buscar roupas alegres e que elevem nosso astral, nosso estado de espírito. Nunca se viu coleções invernais tão coloridas como agora.

A marca libanesa, também conhecida por ser uma grife extremamente luxuosa, principalmente por seus suntuosos vestidos de noiva, mostrou peças com bordados num nível ainda mais exuberante.

Vimos belíssimos vestidos com cauda volumosa, drapeados em sedas e modelos fluidos, esses últimos ganharam mais leveza com camadas, babados em tule e as saias levemente transparentes.

Alta costura

Viktor & Rolf

Os designers Viktor Horsting e Rolf Snoeren, deram um show! Mantiveram o destaque da coleção nos ombros, um detalhe que já vimos antes apresentado pela grife, porém explorando novas formas e um corte, um desenho mais arredondado.

Eles conseguiram colocar na passarela um visual rígido, estruturado, transmitindo autoridade e poder e, na segunda parte do desfile, a coleção ganhou um toque suave, como se as peças tivessem relaxado, perdido a rigidez.

Bacana também foi ver a dupla de estilistas interagindo com suas criações. Aos olhos de todos, Viktor e Rolf manipularam os looks. A marca é conhecida por apresentar sempre coleções contemporâneas e peças associadas a um guarda-roupas masculino.

Alta-costura

Fendi

E no último dia da semana de alta-costura Outono/Inverno 22/23, o destaque foi para a Fendi! Kim Jones levou a passarela um coleção elegante, sofisticada na medida, sem muitas “firulas”.

O tema do desfile foi um “link” feito entre três lugares regados de tradição e modernidade: Tokyo, Roma e Paris. O desfile foi cheio de influência dessas três cidades, que possuem em comum o glamour e, a paixão pela moda.

Vestidos delicados confeccionados em seda pura, muita leveza, transparência e peças de alfaiataria.  Tudo muito elegante e feminino. Além da sensualidade na medida, uma característica marcante do diretor criativo da grife.

A coleção estava bem diversificada em termos de cor. Além das cores fortes de algumas peças e das de tons suaves como o rosa candy, os tons terrosos dominaram boa parte do desfile. Brilho, aplicações e cortes esvoaçantes, garantiram um lindo espetáculo da Fendi.

Alta Costura

Curtiu a seleção de nossos looks? Lembrando que seria impossível trazer mais para você, esse artigo ficaria gigantesco, mas esperamos que você tenha curtido nossa seleção.

Curte o universo da moda, estar envolta nessa aura de beleza e magia que é o universo fashion? Então venha fazer parte da Escola de Estilo. Realize seu sonho de trabalhar com a moda!

Clique no botão amarelo no alto da página, e assista a aula grátis que nossa Teacher Dany Padilla, preparou especialmente para VOCÊ!

Um Beijo da Equipe Escola de Estilo

Escrito por Carla Lúcia Braga/Equipe Escola de Estilo

 

Confira outras matérias

Compartilhe com seus amigos

Facebook
LinkedIn
Twitter
Pinterest
WhatsApp
Email

Gostou do artigo? Deixe seu comentário abaixo