HERMÈS – A SEGUNDA GRIFE MAIS RICA E LUXUOSA DO MUNDO

Capa

Hoje vamos falar da segunda grife mais rica e luxuosa do mundo da moda, a Hermès. A Hermès só não é mais rica que a Louis Vuitton. É uma empresa francesa fundada em 1837 por Thierry Hermès como produtora de arreios para cavalos. Ao longo do tempo passou a produzir diversos produtos de luxo.

Avaliada em 19,8 milhões de dólares. Em 2017, sua avaliação de marca subiu para 25,951 milhões de dólares, atrás apenas da Louis Vuitton.

Hermès
Thierry Hermès por um fotógrafo não identificado no século XIX.

Em 1801, nascia em Krefeld – Alemanha, Thierry Hermes. Filho de pai imigrante francês, Thierry Hermès, e de uma mãe alemã, Agnese Kuhnen. Em 1828, a família Hermès se mudou para Pont Audemer, ao norte de Paris, onde o Thierry Jr. aprende técnicas de fabricação de couro e passa a fazer couraças.

Em 1831, Thierry e sua esposa Petronille Pierrtant, dão as boas vindas ao seu primeiro filho e futuro herdeiro do trono Hermes, Charles-Emile Hermes.

Anos depois, Thierry Hermes funda a marca francesa Hermès como oficina de arnês no bairro Grands Boulevards de Paris. Sua loja serve os nobres europeus da época com artigos de selaria.

Hermès
Hoje você ainda pode encomendar, sob medida, uma sela da marca, feita artesanalmente com couros de qualidade.

A oficina também produz arneses de ferro forjado e freios para comércio de carruagens, o meio de transporte mais usado na época. Ao longo dos anos, os arneses e freios de alta qualidade criados por Hermès ganharam reconhecimento pela alta burguesia. O público da Hermès até hoje é composto pela mais alta classe social.

Em 1878 Faleceu Thierry Hermes, deixando a marca para o herdeiro e seu sucessor Charles-Emile Hermes. Charles-Emile Hermès, então assume a gestão da oficina do pai e se muda para a Rue du Faubourg Saint-Honore – 24 (Paris), onde a loja permanece até hoje. Veja na foto abaixo.

Hermès
Hermès da Rue du Faubourg Saint-Honore – 24 (Paris), nos dias de hoje.

Continua com a manufatura de itens de montaria e passa a se concentrar nas vendas de varejo internacionais com linhas para a elite da Europa, Rússia, África do Norte, Ásia e as Américas.

1902 Charles-Emile se aposenta, deixando o negócio para seus filhos, Adolphe e Emile-Maurice, que o renomeiam Hermès Freres.

Já em 1918, a Hermès apresenta o primeiro casaco de couro com um zíper, produzido para o Príncipe de Gales, Edward. A primeira peça não voltada apenas para prática da equitação. Devido ao seu exclusivo acordo de direitos, o zíper se torna conhecido em toda a França como fermeture Hermès, ou seja: o fecho da Hermès, que é fabricado e usado até hoje nas peças da grife.

Hermès
Um dos primeiros modelos de bolsas da grife, a  ‘Haut a Courroies’ de 1950.

As primeiras bolsas femininas só surgiram em 1922, quando a esposa de Emile-Maurice se queixa de não encontrar um modelo que lhe agrade. O próprio Emile-Maurice desenha então, a bolsa ‘Haut a Courroies’, visando as necessidades da mulher.

Pouco tempo depois, a marca estabelece sua presença nos EUA e abre duas novas lojas em resorts franceses. No ano de 1929, a marca apresenta a primeira coleção de roupas femininas. Vestuário de alta costura, que inclui roupas de banho e tem lançamento em Paris.

Hermès
Desfile da marca

Em 1935, a Hermès lança um de seus itens originais mais famosos, a bolsa tiracolo que mais tarde se tornaria conhecida como a Kelly.

Como surgiu a bolsa Hermès Kelly?

A Kelly é uma das bolsas mais exclusivas e desejadas do mundo. O modelo foi criado em 1930, um século após a fundação da Hermès, por Robert Dumas. Ela possui formato de trapézio, uma única alça, uma aba esculpida e duas chapas de junção, além de ótimo espaço de armazenamento.

Robert a criou com um simples objetivo: Ser um modelo ‘enfeitado’, apenas uma bolsa arrumada, simples e funcional para mulheres energéticas e independentes e foi batizada de Sac à dépêches.

Bolsa Hermès kelly

O modelo ganhou grande fama e reconhecimento mundial em 1956, quando a Princesa Grace Kelly, usou sua bolsa Hermès para esconder sua barriga de grávida dos paparazzis.

A Sac à dépêches então se tornou um objeto de desejo de milhares de mulheres ao redor do mundo e teve seu nome alterado para Kelly em homenagem à princesa (e também porque todos se referiam ao modelo por este nome).

Um dos modelos mais exclusivos e caros da Hermès, a Kelly não pode ser encontrada listada no site da marca, dificultando assim o acesso à bolsa e, consequentemente, o preço da mesma. Pode ser encomendada por €6800 euros. Já um no tamanho 32, só estará disponível à partir de €8300 euros (aproximadamente R$50.000,00)

Hermès
A Princesa Grace Kelly usando a bolsa que no futuro ganharia seu nome

Em 1951, faleceu Emile-Maurice Hermes, e Robert Dumas Hermès que era o marido de Jacqueline Hermès, assume a empresa junto com o perfumista Jean Rene Guerrand, marido de Aline Hermès, ambas bisnetas de Thierry Herme.

Hermès
Desfile da grife sempre muito aguardado nas semanas internacionais de moda

A Hermès começou a usar um logotipo com base em um desenho do pintor francês Alfred de Dreux, no ano de 1950. Nessa mesma época, a marca começa a usar suas icônicas caixas de cor laranja.

A grife é facilmente identificada pela cor laranja de suas icônicas caixas. Originalmente, as caixas eram de cor creme, a cor atual surgiu acidentalmente. Durante a Segunda Guerra Mundial, muitos materiais tiveram seus estoques zerados e a produção interrompida, inclusive as caixas na cor creme.

Hermès
As caixas laranjas tão desejadas…

Não teve jeito, eles tiveram que improvisar e utilizaram as de cor laranja. Para identificar a marca, foi colocado o slogan: “Os melhores presentes vêm em uma caixa laranja”. Depois disso a Hermès adotou a cor que hoje simboliza a marca tão fortemente.

No ano de 1978, Jean Louis Dumas, filho do tataraneto de Thierry Hermès, assume a empresa.

Em 1981, o icônico modelo de bolsa Birkin é lançado com homenagem à atriz britânica Jane Birkin.

Hermès
Jane Birkin aos 70 anos com a bolsa que leva seu nome

Como surgiu a bolsa Birkin?

A Birkin é o modelo de maior sucesso da Hermès. Sua história começou em um vôo de Paris para Londres em 1981, quando a atriz inglesa Jane Birkin derrubou o conteúdo de sua bolsa de palha na frente de Jean-Louis Dumas, que era chefe executivo da Hermès na época.

Hermès
Jean Louis Dumas, chefe da Hermes de 1978 a 2006. Neto de Emile Maurice que foi bisneto do fundador Thierry Hermès. Nasceu em 1938 e faleceu em 2010

Jane então reclamou para Jean-Louis que não havia uma bolsa espaçosa o suficiente no mercado que coubessem todos os itens necessários para o dia a dia, e lhe sugeriu um modelo que houvessem bolsos. A dupla então iniciou uma conversa sobre ideias para a bolsa ideal, que resultou na atriz desenhando um protótipo em um saquinho para enjôo.

À partir desta ideia, Jean-Louis e Jane criaram uma bolsa para a mulher moderna, que era funcional, elegante, além de ser grande o suficiente para viajar e com fechos que não deixasse que o conteúdo caísse.

Hermès
A Birkin, o modelo de maior sucesso da Hermès.

Três anos após o encontro de Jane e Jean-Louis, em 1984, a Birkin é finalmente lançada no mercado. Mas não se tornou um sucesso instantaneamente.

O grande sucesso do modelo veio graças à febre das “it bags” dos anos 90 e também depois de aparecer em um episódio da popular série americana “Sex and the City”, onde uma de suas personagens principais, Samantha, tenta passar na frente da fila de espera para o modelo, fazendo com que a lista de espera verdadeira, triplicasse de tamanho.

Hermès
Celebridades brasileiras que usam Hermès

Atualmente, um modelo tamanho 25 no couro Togo, pode ser encontrado por €6800 euros, já uma de mesmo tamanho, mas confeccionada no couro Veau Jonathan, pode ser adquirida por €7000 euros.

Hermès

Mas claro, estes preços são apenas iniciais! Dependendo do couro escolhido (se adicionado as opções exóticas), partes metálicas personalizadas e outros toques pessoais, este valor pode chegar na casa de U$$100.000… Quase R$600.000,00… Mais cara que muitas casas e apartamentos de classe média alta. 

Em 2003, seguindo a aposentadoria de Jean Louis Dumas, Patrick Thomas se torna o novo líder do negócio Hermès.

Em 2012, membro da sexta geração da família Hermès, Axel Dumas, é nomeado CEO da companhia e permanece nesta posição até os dias atuais.

Hermès
Axel Dumas, à esquerda, diretor executivo, e Pierre-Alexis Dumas, diretor artístico da Hermès, na selaria da casa da marca em Paris

Com seus 183 anos de história, a marca francesa criou vários produtos como sapatos, malas, lenços, óculos, perfumes e agora por último, uma linha completa de maquiagem. Todos esses objetos são desejo para várias mulheres ao redor do planeta, por exalarem luxo, qualidade e sofisticação.

Com seus preços altos, com bolsas comparadas ao preço de automóveis, a Hermès é conhecida mundialmente pelo bom gosto e qualidade. Um verdadeiro sinônimo de requinte e sofisticação.

Hermès
Alguns dos muitos produtos da marca

Hoje a marca tem aproximadamente 310 lojas distribuídas em 49 países e utiliza como estratégia a limitação da produção e dos locais de compra. Mantém uma lista de espera de pessoas que desejam adquirir uma Birkin, por exemplo. Uma espera que pode levar até dois anos.

Outra característica marcante da grife, é que ela se adapta as cidades que inaugura suas lojas. Em Paris por exemplo, uma das lojas da grife, fica em uma cafeteria com uma biblioteca disponível ao público. É muito mais que uma compra, é uma experiência cultural e prazerosa.

Hermès
A cafeteria e biblioteca de uma das lojas Hermès de Paris

A boutique de em Nova York, foge totalmente do tradicional luxo da grife. Com a intenção de atrair um público mais jovem, a loja apresenta um maior número de produtos sortidos e com valores mais baixos que os das bolsas Birkin.

Hermès
Hermès de NY por dentro. Uma “pegada” bem mais adequada ao público jovem e mais descolado

Além de um bar que serve desde água até vinhos, com opção para carregamento de celular dos clientes. Para combinar com a aparência mais irreverente e casual, os funcionários utilizam uniforme diferenciado do tradicional com tênis da grife.

Já no Brasil, a primeira loja foi aberta em 2009 no Shopping Cidade Jardim.

Hermès
Hermès de Ipanema – Rio de Janeiro

Devido á intenso interesse pela vida das celebridades que vestem a marca, a Hermès acabou se tornando reconhecida mais facilmente pelo público em geral, porém o intuito é ser reconhecida apenas para quem já é fiel à marca.

Curiosidade: Victoria Beckham teria uma coleção de bolsas da Hermès no valor de mais de US$ 2 milhões

Hermès
Victoria Beckham

A Hermès não é uma grife que invista tanto em propagandas como as outras, ela investe na tradição e qualidade. A grife não tem como foco atingir o grande público, ela foca em um grupo seleto que esteja disposto a esperar e pagar o alto preço de suas peças e, assim fez sua história como uma grife da mais alta sociedade. 

Esperamos que você tenha curtido saber detalhes, da segunda grife mais rica do planeta!!

Clique no botão amarelo, e assista a aula grátis que nossa Teacher Dany Padilla preparou para você! Está fabulástica!!

Um beijo de toda equipe Escola de Estilo

Escrito por Carla Lúcia Braga/Equipe Escola de Estilo

 

Compartilhe com seus amigos

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Gostou do artigo? Deixe seu comentário abaixo

Live

Parabéns! você GANHOU uma mentoria de 3.997,00 com Dany Padilla

Restam poucas vagas nessa condições! Aproveite agora.