ENTENDA AQUI A MODA PÓS PANDEMIA

Moda pós pandemia

 Vamos refletir juntas (os) e AGORA, sobre tudo que tem acontecido na humanidade e as reais mudanças em nossas vidas. Não tem como passar por algo tão impactante como uma pandemia mundial, sem chegar a conclusão de que precisamos de bem nenos para vivermos felizes, do que imaginávamos. Entenda aqui a moda pós pandemia!

Depois de ficarmos trancados dentro de casa, o sentimento de que precisamos dar mais importância ao que tem valor e não preço, é quase palpável. Essa distância física de quem amamos, só aumenta a cada dia a saudade. Quem não está “morrendo” de saudade de dar um abraço apertado em alguém da família, a uma amiga (o) querido?

Moda pós pandemia

Daí essa necessidade, meio inconsciente, de buscar roupas, peças que nos trazem aconchego e proteção, afinal estamos com o “emocional meio órfão”. É um pouco confuso? Sim, mas o ser humano é assim, somos confusos. Precisamos viver em comunidade, mesmo que pequena. Com certeza não seremos mais os mesmos depois desse isolamento forçado.

Vocês, com certeza, também chegaram a conclusão de que vivemos 3, 4 meses, sem precisar usar um salto alto. Quem precisou sair para ir ao supermercado, ao médico, ao trabalho, não precisou de tantos adereços para cumprir essas tarefas.

Consumo Consciente

Nos pegamos pensando: Será que temos necessidade de ter no guarda-roupa 10 calças jeans? 40 pares de sapatos? Será que existe necessidade de comprarmos um brinco “bapho”, mas que provavelmente não usaremos mais do que em uma ocasião?

Algo de bom temos que tirar disso tudo e podemos começar focando em comprar apenas o necessário, sem impulsos. Por que qual de nós já não “surtou” diante de uma liquidação e acabou comprando roupas e acessórios que ficaram no fundo do armário e nunca foram usados? Isso é consumo impulsivo, consumo irresponsável! É pesada a palavra irresponsável, mas é real amiga(o).

Moda consciente

É irresponsável, ainda que inconsciente, porque gastamos o que poderíamos direcionar para coisas bem mais importantes, como por exemplo economizar para uma casa própria, uma viagem dos sonhos, um curso para alavancar a carreira, passeios com a família… A roupa que fica encostada no guarda-roupa, pode ter lhe tirado uma tarde divertida no cinema com as amigas (os), com o seu filho (a). Fique atenta aos SALES da vida, podem sim ser uma cilada.

Nos sentirmos belas, é muito importante para a nossa autoconfiança, nossa saúde mental, mas isso não quer dizer que precisamos comprar peças, que muitas vezes não nos caem bem e nem são adequadas ao nosso tipo de corpo.

consumo consciente

Todas as vezes que você entrar para consumir roupas, acessórios, sapatos, priorize peças atemporais, aquelas que sai ano, entra ano e elas estão sempre em alta. Consuma peças de fácil multiplicação de looks e as experimente antes de levar, para ter certeza que cairão impecavelmente.

Os brechós, por que não dar uma chance aos brechós? Sim, eles estão cheios de peças lindas, de qualidade, inclusive peças nunca usadas e ainda na etiqueta. Os brechós estão por toda parte e em todas as cidades. Dê um Google aí e descubra os brechós que existem pertinho de você. Maneira inteligente e responsável de consumir, não acha?

Brechó

Uma coisa é certa, nada será como antes, inclusive no mundo da moda. Os grandes estilistas, os estilistas das grandes grifes que são responsáveis por nos “apresentar”as tendências em primeira mão, com certeza terão que se adaptar a essa nova realidade de consumo consciente. Essa será a garantia de não entrarem em um forte declínio de vendas, afinal moda é comportamento.

Aqui em nosso blog, você encontra um artigo, contando tudo que aconteceu com a super grife Victoria’s Secret. Que sirva de exemplo para você lojista de moda. Atualizar-se é preciso!!

Solidariedade

IMPORTANTE: Ao descartar o que não lhe serve mais, lembre-se de que existem pessoas que não tem o básico. Faça o bem sem olhar a quem, SEMPRE!! Se cada um fizer sua parte, amenizamos as necessidades dos nossos semelhantes. Que a mudança seja pra melhor!!

Compartilhe esse artigo com suas amigas (os) consumistas, com lojistas de moda que precisam se reciclar para sobreviver a mudança que já está acontecendo. Vamos juntas (os) ajudar esse movimento de moda consciente!!

Um beijo carinhoso no coração de toda Equipe Escola de Estilo 

Artigo escrito por Carla Lúcia Braga/Equipe Escola de Estilo

Confira outras matérias

Compartilhe com seus amigos

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Gostou do artigo? Deixe seu comentário abaixo