fbpx

Essa é a história da Gabi & Escola de Estilo. Comece a ler a história da Gabi Lima com a seguinte frase em mente: “ENTREGA, CONFIA, ACEITA e sobretudo, independentemente de qualquer coisa AGRADEÇA”. 

Leia e deixe essa linda história te inspirar …

“Nos últimos anos, meu pai estava trabalhando numa empresa de combustível. Ele viajava pelas cidades ribeirinhas do Amazonas em uma balsa, carregando milhares de litros de combustível para abastecer as cidades. Em 7 de novembro de 2014, houve uma explosão na balsa que ele trabalhava e perdi o meu pai nesse acidente.

Eu era professora e gostava do muito meu trabalho, mas depois do acidente do meu pai, fui chamada para trabalhar na empresa que ele trabalhava e acabei parando de lecionar. Adoeci, precisei ficar afastada para me tratar e minha mãe sempre falava em termos algo nosso, mas não sabíamos o que, exatamente. Foi quando decidi pedir o desligamento de onde estava trabalhando e tivemos a ideia de unir as forças, reunir as habilidades de cada um (eu, minha mãe e meu irmão) e construir um lugar onde fizéssemos a diferença no mundo e pudéssemos homenagear meu pai, que está sempre presente em tudo que fazemos.

O nome do Espaço Lima, é uma forma de mostrar que estaremos sempre juntos, em qualquer tempo e “espaço”. Sem contar que amo esse sobrenome Lima. Acho super forte e empoderado!

Durante o meu tratamento de quimioterapia pude perceber que 90% das mulheres se prostravam por conta do inchaço dos medicamentos, pela queda de cabelo ou por uma cicatriz aparente do tratamento. Aquilo sempre mexeu muito comigo. Eu sempre fui uma pessoa muito desencanada com “o que os outros vão pensar de mim”. Sempre me aceitei do jeito que sou e sempre busquei viver da melhor forma com tudo que me acontece na vida.

Quando eu estava completamente careca, muitas mulheres cruzavam comigo nos corredores do hospital e ficavam chocadas como eu não usava lenços ou perucas e sempre me perguntavam como eu fazia para “ser assim”. E eu sempre falava que não havia mistério, que a beleza está além daquilo que se pode ver ou mensurar.

Acredito que tudo em que passamos nessa vida existe um propósito e tudo acontece com a permissão de Deus. Depois do acidente do meu pai, minha mãe ficou muito mal, foi um período muito difícil, em que cheguei a pensar que perderia minha mãe também. Hoje me sinto muito feliz e abençoada em ter sido usada como instrumento de Deus para fazer a minha mãe renascer.

Sempre falo que a minha doença em momento nenhum veio para mim. Ela veio para minha mãe. Para que ela entendesse que a missão dela aqui nesse plano, ainda não havia acabado. Eu fui instrumento para que ela pudesse enxergar isso e renascer…foi e é lindo ver esse desabrochar diário dela. Então isso me motivou a colocar um sorriso no rosto, me revestir de fé, encher meu coração de gratidão e encarar todo o tratamento da forma mais leve possível.

A partir daí, eu percebi que conseguia arrancar um sorriso do rosto, que conseguia motivar ou mudar a forma de pensar das pessoas que se aproximavam de mim. Isso me motivou e me motiva até hoje. Acredito que faz parte do meu propósito de vida ajudar pessoas, através das experiências pelas quais já passei. Sou muito grata por isso! É impressionante a quantidade de mulheres que se abatem, que se prostram e que ficam com a autoestima lá embaixo por conta de um cabelo que caiu, por um peso que ganhou a mais, gente isso não é nada. A verdadeira beleza vem de dentro.

Você deve se sentir linda, se sentir maravilhosa, se sentir poderosa, sim, porque você é. Não é a sua roupa que determina isso, não é o seu cabelo, não é o seu status, não é o seu padrão social, não é nada disso.Não se prive de sair, de vestir a roupa que quiser, de ir para onde quiser por qualquer padrão de beleza imposto, se ame em primeiro lugar.

O foco jamais deve ser a estética e sim a sua saúde, a tua cura, as pessoas querem olham a sua careca, deixa elas olharem, as pessoas querem olhar que você engordou, deixa elas olharem, querem falar, deixa falar. Não importa o que esteja acontecendo, se está acontecendo, é porque Deus te abençoou com o dom da vida. SEJA GRATO! DANCE mesmo que seja numa sessão de quimioterapia. CELEBRE as bênçãos que tiver e as conquistas daqueles que estão e são por você em qualquer circunstância da vida. AGRADEÇA ainda que seja por uma cabeça raspada.

Eu continuei vivendo minha vida normalmente, mesmo passando por sessões de quimioterapia. Não tinha motivos para ser diferente… em todo tempo eu só soube agradecer a Deus pelo dom da vida e ele fez tudo… me deu toda força que eu precisava, colocou no meu caminho os anjos mais especiais e lindos que poderiam existir.

Fiz a parte que me cabia da melhor maneira possível. Porque no final das contas a maior beleza e a maior luz e ela vem de dentro, então seja luz para você, seja luz para outras pessoas, não se importe com os padrões de beleza que a sociedade impõe. Seja luz e feliz, a sua maneira.

Vamos seguir com às quatro palavras que regem a vida ENTREGA, CONFIA, ACEITA e sobretudo, independentemente de qualquer coisa AGRADEÇA.

ENTREGA tudo nas mãos de Deus. CONFIA que ele está no controle de todas as coisas e só a vontade dele e boa, perfeita e agradável. ACEITA tudo que vem. Por mais absurdo que possa parecer, nada acontece sem um propósito de Deus. AGRADEÇA por tudo, toda hora, todo tempo, em todo lugar.

Como a Escola de Estilo entrou na  minha vida 

Meu coração transborda de alegria e gratidão ao partilhar minha história. Sinto que isso motiva, inspira as pessoas e fico muito feliz em poder tocar e ajudar os outros de alguma forma. Estar participando da Escola de Estilo tem sido um momento de grandes descobertas e de muito aprendizado para mim. Não só no âmbito profissional, como pessoal também. Estou me reinventando no mundo da moda.

A Escola de Estilo me permite unir minha experiência de vida ao conhecimento técnico, de um universo que muitas mulheres amam, que é o universo da moda. É muito gratificante saber que posso mudar o dia, a forma de pensar, de agir ou até mesmo, mudar a vida de alguém. O meu maior objetivo é mostrar para as mulheres que elas são lindas, sim! São poderosas sim! E fazer com que elas enxerguem sua beleza interior, se valorizem, se amem, se aceitem, entendam e respeitem seu estilo e seus corpos. É mostrar a moda vista por outro ângulo e o tamanho de sua grandiosidade. É assim, poder ajudar nesse processo de autoconhecimento e empoderamento feminino”.

Gabriela Lima do @espacolimarecife